Duas empresas de ônibus ainda estão em greve em SP

Duas empresas de ônibus continuam paradas na zona Leste da capital paulista nesta manhã de quarta-feira segundo informações da São Paulo Transportes (SPTRans). Motoristas e cobradores da Viação Expresso Paulistano e do Consórcio Trólebus Aricanduva estão prejudicando pelo menos 157 mil usuários ao não operarem 56 linhas na região Leste. Os grevistas reivindicam o pagamento dos salários e horas extras relativos ao mês de dezembro. A SPTrans já deu início à operação Paese - Plano de Auxílio entre as Empresas em Situação de Emergência -, deslocando ônibus de outras empresas para cobrirem 50% da frota parada. Todos os terminais de ônibus estão abertos nesta manhã segundo a SPTrans.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.