Duas empresas de ônibus fazem greve em SP

Motoristas e cobradores de duas empresas de ônibus que atendem a zona sul da capital paulista estão paralisadas por causa do não pagamento dos tíquetes-refeição. Os funcionários viação Santo Amaro estão de braços cruzados desde a noite de ontem e os trabalhadores da viação Ibirapuera paralisaram as atividades esta manhã.O Plano de Auxílio a Empresas em Situação de Emergência (Paese) da São Paulo Transporte (SPTrans) foi acionado para cobrir as linhas prejudicadas. Os 89 ônibus da Viação Santo Amaro, que atuam em três linhas, foram substituídos por 46 ônibus do plano. Já a viação Ibirapuera teve total cobertura de suas sete linhas, com os 120 carros substituídos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.