Duas mulheres são presas por esconderem drogas em SP

Uma denúncia anônima feita na tarde de segunda-feira, 26, permitiu que uma aposentada e uma jovem fossem detidas por esconderem drogas na região de Americanópolis, na zona sul da capital paulista. A residência delas era usada por traficantes da região, de acordo com informações policiais.A aposentada Maria Filomena Arruda do Nascimento, 69 anos, e Fabiana Oliveira Valdevino, 22 anos, foram presas no imóvel localizado na Rua Delfino Facchina.Na residência, pertencente à aposentada, os policiais encontraram 2 quilos de uma substância usada no preparo da cocaína, 16 cápsulas já contendo a mistura pronta para a venda e 843 cápsulas vazias.Foram localizados também vários tipos de munição, sendo 16 para fuzil calibre 556, nove para pistola calibre 380 e três para pistola calibre 9mm. No armário de Maria, onde tudo estava guardado, também foram encontrados um colete à prova de balas e uma balança digital, ainda suja de droga, usada para pesar o entorpecente.Segundo a polícia, tanto a idosa quanto Fabiana negam que sabiam da existência da droga e das munições dentro da casa, mas mesmo assim foram levadas para o 43º Distrito Policial, de Cidade Ademar, e indiciadas por associação para o tráfico de drogas e porte de munição de uso restrito das Forças Armadas.As duas acusadas foram transferidas para a carceragem do 97º Distrito Policial, de Americanópolis, onde há celas femininas. Os policiais já têm pistas dos verdadeiros donos da droga e das munições que usavam a casa da aposentada como forma de despistar a polícia.

Agencia Estado,

27 de março de 2007 | 06h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.