Duas pessoas morrem em perseguição policial no Rio

Duas pessoas morreram e 13 ficaram feridas em uma perseguição policial que parou a Avenida Brasil, principal via de acesso ao Rio, na manhã desta segunda-feira. Por volta das 9 horas, quatro homens em dois carros, um Palio e um Fiesta, roubaram um caminhão que levava telefones celulares. A polícia conseguiu interceptar os assaltantes, que se separaram para tentar escapar, mas a perseguição acabou provocando o acidente.Três funcionários da transportadora - o motorista do caminhão e dois ajudantes - foram obrigados a entrar em um dos carros guiados pelos criminosos, que seguiu pela contramão da Avenida Brasil. O veículo bateu de frente com uma van e com um Gol. O acidente ocorreu próximo ao bairro da Penha, na zona norte.Um dos criminosos morreu preso às ferragens. Um dos reféns, Anderson Silva de Souza, não resistiu aos ferimentos e também morreu. Maciel Martins Queiroz, um dos assaltantes, teve ferimentos leves e foi preso. Os outros conseguiram escapar. A van estava lotada de passageiros, entre eles duas crianças de 13 e 14 anos. No Gol, ninguém se feriu.

Agencia Estado,

08 de janeiro de 2007 | 23h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.