Duas pessoas morrem em queda de avião no PR

Duas pessoas morreram, por volta das 15h30 de domingo, em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba, depois da queda de um monomotor que estava sendo utilizado por associados do aeroclube do Aeroporto do Bacacheri. Durante uma sessão de acrobacias, o avião perdeu altitude e bateu contra o solo, matando o piloto Rafael Dembinski e seu acompanhante, Bernardo de Farias Leme, ambos com 24 anos de idade. O Instituto de Criminalística de Curitiba e o Departamento de Aviação Civil (DAC) estão investigando as causas do acidente. Testemunhas disseram que o avião, prefixo PP-KDY, modelo Super Decathlon, teve uma pane e caiu de bico em uma chácara. O piloto morreu imediatamente, enquanto Leme ainda chegou a pedir ajuda, mas morreu antes que equipes de socorro chegassem ao local. Os dois rapazes tinham embarcado na aeronave, utilizada pelos associados do aeroclube para acrobacias, no início da tarde e já haviam voado bastante quando aconteceu o acidente. Os bombeiros precisaram retirar o restante do combustível antes de romper a lataria da aeronave, para evitar incêndio e explosão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.