Duas pessoas morrem em queda de monomotor em GO

Chovia forte no momento do acidente, que ocorreu em Leopoldo de Bulhões, a 55 km de Goiânia

Daniela do Canto, da Central de Notícias,

24 de setembro de 2009 | 03h25

O monomotor prefixo PTRKS caiu por volta das 21 horas desta terça-feira, 23, em uma fazenda no município de Leopoldo de Bulhões (GO), a 55 quilômetros de Goiânia. O piloto da aeronave, Carlos Alberto Alves Júnior, de 21 anos e o advogado Luiz Francisco Caetano Lima, de 39, que estava a bordo, morreram na hora. O monomotor saiu de Brasília e tinha como destino Goiânia.

 

Assim que foram informados do acidente, os bombeiros acreditavam que o avião levava três pessoas - conforme indicado no plano de voo. Entretanto, nas buscas foram encontrados apenas dois corpos. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, familiares do advogado, que era o dono da aeronave, contaram que ele ligou pouco antes de decolar e revelou que embarcaria sozinho.

 

As causas da queda ainda são desconhecidas, mas chovia no momento do acidente. De acordo com a avaliação dos bombeiros, os destroços indicam que o impacto foi muito forte. A aeronave caiu a cerca de 200 metros de uma residência. Técnicos da Aeronáutica foram ao local para fazer uma perícia. Membros da família de Lima afirmaram aos bombeiros que a aeronave era nova e havia passado por uma manutenção nesta semana.

Tudo o que sabemos sobre:
monomotorquedaGoiânia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.