Duas pessoas são mortas em Araçatuba

Duas pessoas foram assassinadas a tiros, na periferia de Araçatuba, na noite de ontem e madrugada de hoje. Uma terceira pessoa foi baleada e sobreviveu. No bairro Umuarama, o desempregado Adriano Henrique de Souza, 19 anos, foi encontrado morto às 20h50 de ontem, no quintal de sua casa. Ele foi morto com um tiro nas costas. Não havia mais ninguém na residência e os vizinhos não souberam informar quem atirou no rapaz. No bairro Alvorada, por volta de 6h de hoje, foram baleados os serventes de pedreiro Luciano da Silva Bonifácio e Alan Edson Silva Souza, ambos de 23 anos. Ferido no peito, Bonifácio teve morreu no local. Souza foi atingido no abdome, está internado na Santa Casa da cidade e não corre risco de morte. A polícia acredita que Luciano Bonifácio e Alan Souza foram baleados por vingança. Os dois são suspeitos assaltar um posto de combustíveis do bairro Alvorada. O vigilante do posto, que estava no estabelecimento quando houve o assalto, é apontado por Souza como a pessoa que atirou nele e em seu colega Luciano. A polícia sabe apenas o apelido do vigia, "Lequinho".

Agencia Estado,

30 de setembro de 2001 | 17h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.