Duas viações de ônibus continuam em greve em SP

Cerca de 100 mil paulistanos que residem na zonas oeste e norte da capital paulista terão mais um dia difícil nesta sexta-feira. Os 320 ônibus das viações Serra Negra e Mar Azul, empresa pertencentes ao mesmo grupo, continuam parados na garagem localizada no bairro do Jaraguá, zona norte da cidade.Cerca de 1.500 funcionários das duas viações entram no segundo dia de greve em protesto contra o não pagamento dos salários de fevereiro; e contra o atraso no fornecimento dos tíquetes-refeição e cestas-básicas.Juntas, as duas empresas operam 27 linhas em bairros como Freguesia do Ó, Vila Brasilândia, Pirituba, Jaraguá, Morro Grande, Cachoeirinha, Taipas, entre outros. Muitos dos coletivos parados passam por estações do Metrô. Os diretores das duas empresas não apareceram ontem na garagem durante piquete realizado pelos funcionários em greve. A SPTrans (São Paulo Transportes) já acionou a operação Paeese e remanejou ônibus de outras empresas para circularem nas linhas paradas, mas como o número de coletivos remanejados é 50% do total parado, os passageiros terão que esperar mais para pegar o ônibus desejado.

Agencia Estado,

07 de março de 2003 | 06h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.