Dupla é morta ao tentar roubar carro de investigador em SP

Armados com uma pistola 9mm e um revólver calibre 22mm, Ricardo Ferreira Drimond e Adair Francisco dos Santos, ambos de 25 anos, acabaram morrendo ao tentar roubar o veículo de um investigador da Delegacia Seccional de Diadema. O tiroteio ocorreu por volta das 21h, em um cruzamento na altura do nº 1000 da Avenida Getúlio Vargas, em São Bernardo do Campo, no bairro Baeta Neves, região Central da cidade. O policial, cuja identificação não foi divulgada pela polícia, foi abordado no semáforo. A dupla ocupava uma moto Honda Twister.Os assaltantes mandaram que o investigador descesse do carro. Após atender à ordem dos bandidos, o policial fingiu que iria entregar o veículo e deu voz de prisão aos criminosos, que atiraram. No revide, os dois bandidos foram baleados; ambos morreram quando eram atendidos no Pronto-Socorro Municipal de São Bernardo. Segundo a polícia, Ricardo e Adair já tinham passagens por roubo à mão armada. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de São Bernardo pelo delegado Nélio Marques Cabral.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.