Dupla é presa com cocaína na rodoviária de Mogi Mirim

Policiais do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) prenderam em flagrante mais dois traficantes em Mogi Mirim, no interior de São Paulo. O desempregado Carlos Catini Neto, de 21 anos, e o vidraceiro Diego da Silva Primão, de 20 - que afirmou ser recruta do Exército -, foram surpreendidos na quinta-feira com um quilo de cocaína na rodoviária da cidade. De acordo com o Denarc, a droga estava em uma sacola. Segundo o delegado Pedro Pórrio, titular da 5ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), o chefe do bando é um homem conhecido como Timão. O delegado Pórrio comandou a Operação Mogi Mirim, que apreendeu mais de 100 quilos de drogas e prendeu quase 30 acusados de tráfico de drogas, nos últimos 15 dias. A operação foi realizada a pedido do Ministério Público Estadual.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.