Dupla é presa e confessa estupro e assassinato de menina

Dois homens, um deles deficiente físico, foram presos na noite desta quarta-feira, em Guarulhos (Grande São Paulo), sob acusação de estuprar e matar, pela manhã, uma menina de 8 anos. O crime aconteceu na casa do deficiente, na Av. Recife, no Jardim Santo Afonso.Policiais do 31º BPMM estavam à procura da menina, que residia na mesma avenida e havia desaparecido de manhã, quando saiu de casa para comprar pão. Testemunhas tinham visto José Ribeiro Santana, de 34 anos, que se locomove em cadeira de rodas, conversando com a garotinha. E houve quem a visse entrando na casa dele. Ao chegar à residência, os PMs não o encontraram. Entraram e, pouco depois, acharam o corpo da menina sob a cama, com sinais evidentes de ter sido vítima de atentado violento ao pudor.O principal suspeito foi apanhado, no início da noite, na estação Tatuapé, do Metrô. De pronto, ele denunciou seu comparsa, um taxista identificado apenas como Norberto. Uma hora depois o taxista também era detido e ambos foram levados ao 4º DP de Guarulhos.Durante o interrogatório, ambos admitiram o crime. José atraiu a menina para sua casa, Norberto a violentou e o deficiente a assassinou. A notícia imediatamente se espalhou por toda a região e uma multidão se juntou em frente à delegacia, ameaçando invadir para linchar a dupla. Norberto foi transferido para o 7º DP. A ainda não se sabe de José também irá, ou permanecerá na delegacia do bairro dos Pimentas.

Agencia Estado,

03 de junho de 2004 | 01h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.