Dupla estupra, ateia fogo na vítima e acaba presa em Embu

Policiais militares da 01ª Companhia do 36º Batalhão detiveram, por volta das 3h desta madrugada, dois jovens acusados de estuprar uma mulher, ainda não identificada, de aproximadamente 30 anos, e atear fogo na vítima após o estupro. Com pernas, tronco e rosto - cerca de 80% do corpo - queimados, a vítima está internada e estado grave no Pronto-Socorro do Jardim Vazame, Embu, município da Grande SãoPaulo onde ocorreu o crime.Elenilson Mendonça de Lima, de 18 anos, e Anderson Procópio, 23, estupraram a mulher na Rua Marechal Floriano Peixoto, no Jardim Presidente Kennedy. Moradores do bairro escutaram os gritos da vítima, que estava sendo violentada na rua, e acionaram a PM. Quando os policiais chegaram ao local, um dos criminosos já corria e havia acabado de atear fogo no corpo da vítima. Detido,o rapaz levou os PMs até a casa do comparsa.Como a vítima de estupro e tentativa de homicídio está inconsciente e não tem documentos que a identifiquem, a polícia informa que a mulher possui um dos seios amputados - característica física que pode facilitar a ida de possíveisparentes até o hospital para realização do reconhecimento. O caso está sendo registrado no Distrito Policial de Embu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.