Dupla leva quase R$ 15 mil da tesouraria do Flamengo, na Gávea, zona sul do Rio

Polícia acredita em participação de algum funcionário na ação, que durou apenas 5 minutos

estadão.com.br,

09 Junho 2012 | 06h01

São Paulo, 9 - Um assalto, de apenas cinco minutos, à tesouraria, e que rendeu a três criminosos R$ 14.400,00 na sede do Flamengo, na Gávea, zona sul do Rio, no final da tarde de sexta-feira, 8, é suspeito de ter a participação de algum funcionário do clube, segundo o que a polícia apurou após depoimentos colhidos na 14ª Delegacia, do Leblon, pela delegada Flávia Barros.

 

Parte do valor roubado seria pago aos funcionários terceirizados. Dois homens armados entraram pela loja do Flamengo e renderam três funcionários. Um deles vestia uma camisa do clube e chamou uma das vítimas pelo apelido, "Beda". Segundo a delegada, os criminosos sabiam onde estava o dinheiro. Ela vai pedir as imagens do circuito interno de TV e solicitar as impressões digitais colhidas pela perícia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.