'É uma situação terrível', diz Marina sobre caso Bruno

'Repetidamente nós temos visto acontecer esse tipo de episódio contra mulheres', afirma

Eduardo Kattah, de O Estado de S. Paulo

08 de julho de 2010 | 14h08

BELO HORIZONTE - A candidata do PV à Presidência, Marina Silva, repercutiu hoje o caso envolvendo o desaparecimento de Eliza Samudio, de 25 anos, ex-amante do goleiro Bruno Fernandes. A Polícia Civil de Minas afirma que a jovem foi assassinada com a cumplicidade do jogador.

 

Veja também:

linkBruno presenciou sequestro e assassinato, diz polícia

linkBruno e Macarrão são transferidos para prisão em Bangu

linkOssos de Eliza foram concretados, diz menor

linkBruno: 'Copa de 2014 acabou'

especialCronologia do caso

 

"Todo e qualquer caso de violência é lamentável, lastimável a perda de uma vida. É uma situação terrível e difícil. Repetidamente nós temos visto acontecer esse tipo de episódio contra a vida das mulheres", disse Marina, após um encontro com aliados em Belo Horizonte. "Que a Justiça seja feita."

Tudo o que sabemos sobre:
Bruno FernandesEliza Samudio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.