André Dusek|Estadão
André Dusek|Estadão

É urgente o afastamento cautelar da diretoria da Vale, diz Renan Calheiros

Pelas redes sociais, o senador afirmou que é importante apurar o que aconteceu em Brumadinho com isenção

Augusto Decker, O Estado de S. Paulo

27 Janeiro 2019 | 18h16

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), um dos possíveis candidatos à presidência do Senado, afirmou pelo Twitter que a diretoria da Vale deve ser afastada e uma nova diretoria interventora deve ser nomeada após o rompimento de uma barragem pertencente à mineradora na cidade de Brumadinho (MG).

"Não podemos prejulgar. Mas é urgente, em respeito às vítimas de Brumadinho, o afastamento cautelar da diretoria da Vale, assim como a nomeação de diretoria interventora, para impedir a destruição de provas e apurar com isenção os fatos", escreveu ele em sua rede social.

Ao todo, a Justiça já decretou bloqueios de R$ 11 bilhões de bens da mineradora para compensar os estragos.

O presidente da empresa, Fabio Schvartsman, afirmou na sexta-feira, por meio de vídeo publicado nas redes sociais que a Vale inteira vai fazer o que for possível para ajudar as pessoas atingidas.

 


"Não tenho palavras para descrever o meu sofrimento, minha enorme tristeza, meu desapontamento com o que acaba de acontecer. É algo além, acima de qualquer coisa que eu pudesse imaginar. Quero dizer da minha solidariedade, que a Vale inteira vai fazer o que for possível para ajudar as pessoas atingidas. É algo que me dói a alma. Tudo o que eu não queria na minha vida é que algo do gênero acontecesse", afirmou o executivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.