Economista é encontrado morto em Fortaleza

O economista Tomás de Aquino Gomes de Matos, de61 anos, foi encontrado morto no final da manhã deste sábado, nacasa dele, na Praia de Iracema, em Fortaleza. A perícia diztratar-se de assassinato por asfixia.Ele foi encontrado pela empregada, com as mãos amarradas e acabeça enrolada num lençol. Segundo o delegado Ricardo Nogueira,presente ao local onde o corpo foi encontrado, ele foi asfixiadocom um fio elétrico. Testemunhas afirmaram que Tomás recebeu a visita de dois homensna noite anterior. Eles levaram o carro da vítima, além deobjetos da casa. Já existe um suspeito do crime. A Polícia iráinvestigá-lo. Tomás de Aquino foi presidente do ConselhoEstadual de Economia, e membro do Conselho Federal. Elecompletaria 62 anos neste domingo. As informações são do site daGlobo News.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.