Economista já foi cantor

PERFIL

Carlos Mendes ESPECIAL PARA O ESTADO /BELÉM, O Estado de S.Paulo

01 Novembro 2010 | 00h00

Simão Jatene, GOVERNADOR ELEITO DO PARÁ

Filho de um imigrante libanês com uma nordestina brasileira, Simão Robison Oliveira Jatene tem 61 anos e nasceu em Castanhal, município do nordeste paraense, a 70 quilômetros de Belém.

É economista e professor universitário e está no PSDB paraense desde a fundação do partido. Ele foi secretário de Planejamento de 1982 a 1985, no governo de Jader Barbalho, e de 1995 a 1998, durante o governo de Almir Gabriel.

Em 2002, concorreu pela primeira vez a um cargo eletivo: o de governador do Pará, vencendo no segundo turno Maria do Carmo (PT). Foi governador no período de 2003 a 2006.

Embora tivesse 80% de aprovação popular em 2006, preferiu não concorrer à reeleição por ser contrário a essa modalidade de permanência no poder. Apoiou Almir Gabriel, derrotado por Ana Júlia Carepa, a quem agora sucede.

O vice de Jatene no período 2011-2014 é o advogado tributarista Helenilson Cunha Pontes, nascido em Santarém, no oeste paraense.

Na juventude, Jatene foi compositor e cantor. Foi crooner do conjunto de Guilherme Coutinho, violonista e tecladista. Fundador e primeiro diretor musical do Grupo Experiência, o mais antigo e respeitado grupo de teatro do Pará.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.