Economista mergulha em lagoa no Rio para recuperar Rolex

Um assalto terminou de forma inusitada na Lagoa Rodrigo deFreitas ontem de manhã. Um economista que dirigia sua caminhonete Cherokee na Avenida Borges de Medeiros foi abordado por um bandido, que roubou seu Rolex e R$ 500 em dinheiro. Para fugir da polícia, o ladrão, que estava com uma arma de brinquedo, mergulhou na lagoa. Quem estava no local se jogou na água para ficar com uma recompensa oferecida pelo economista, mas não conseguiram resgatar a peça, avaliada em R$ 15 mil.O assalto foi próximo à sede de remo do clube Vasco da Gama. Oeconomista percebeu que a arma, encostada pelo bandido no vidro de seu carro, não era de verdade. Parou o carro na lagoa e, quando não era mais possível trafegar, por causa do engarrafamento, correu atrás do assaltante Adriano Barbosa de Jesus, de 22 anos. Ele chegou a ser detido por seguranças particulares da região, mas conseguiu se soltar e se lançou na água com o relógio. Ele foi preso em seguida por policiais.O dono do Rolex resolveu entrar na lagoa para procurar o relógio e ainda ofereceu R$ 200 para quem o resgatasse. Duas pessoas, um gari e um jardineiro que estavam na lagoa, mergulharam para ganhar o dinheiro, mas não encontraram o relógio, que afundou. O assaltante, preso na delegacia do Leblon, disse ser de São Paulo. Contou que está desempregado e veio ao Rio para praticar assaltos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.