Edital de licitação da merenda deve sair neste mês

A Prefeitura deve lançar ainda neste mês o edital de licitação para a contratação de novas empresas para fornecimento de merenda para a rede municipal de escolas. Em fevereiro, o prefeito Gilberto Kassab (DEM) havia afirmado que a nova licitação seria lançada em 45 dias. O secretário municipal da Educação, Alexandre Schneider, afirma que foi preciso fazer mudanças no edital de licitação após consultas públicas que ajudaram na definição do tipo de concorrência. "Até o final do mês a licitação deve ser lançada e chamaremos a imprensa para acompanhar o leilão", diz. A concorrência será feita na modalidade de pregão presencial, na qual os concorrentes credenciados apresentam propostas e disputam os serviços mediante oferta de lances verbais. O Ministério Público Estadual ameaça entrar com ação de improbidade administrativa contra a Prefeitura se houver a assinatura de contrato de merenda com terceiros.TRANSPARÊNCIAA Fundação Instituto de Pesquisas Econômica (Fipe) foi contratada pela Prefeitura para prestar consultoria na elaboração do edital. Em agosto do ano passado, pesquisadores da Fipe apontaram ao Ministério Público Estadual indícios de irregulares no contrato de terceirização da merenda feito pela Secretária Municipal de Gestão. "A Fipe é uma empresa especializada em serviços desse tipo. Chamamos a fundação para ajudar na preparação do edital para que não restem dúvidas da transparência do contrato", disse Schneider.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.