Editor de imagens da TV Globo reaparece no Rio

O editor de imagens da TV Globo, Carlos Alberto de Carvalho, 39 anos, se apresentou hoje depois de permanecer nove dias desaparecido. Segundo a polícia, ele não havia sido seqüestrado e esteve hospedado em motéis da cidade. A família de Carvalho temia que ele tivesse sido seqüestrado pelos mesmos traficantes que mataram o jornalista Tim Lopes, em junho passado. O editor chegou à casa da família, em Todos os Santos, na Zona Norte do Rio, dirigindo o próprio carro, hoje, às 6h30.De lá, teria ligado para a Delegacia de Homicídios, informando que se apresentaria à polícia. Carvalho chegou às 9 horas no prédio da Chefia de Polícia, no Centro, acompanhado da irmã Silvia Helena de Carvalho. "Ele não vai falar com a imprensa, apenas com o diretor dele na Globo", disse a irmã, sem esclarecer o que havia occurred. Ela comentou apenas que ele vai passar por exames médicos e que a família ficou muito preocupada.Esta é a terceira vez que Carvalho desaparece. No ano passado, ele deixou de trabalhar por dois dias e alegou que procurava o pai, que teria sido vítima de um seqüestro relâmpago. No início deste ano, ele contou que havia sido seqüestrado por traficantes da Rocinha, que queriam informações sobre a reportagem "Feirão das Drogas", produzida por Tim Lopes. Carvalho é editor de imagens do programa Esporte Espetacular e não teve nenhuma ligação com a matéria sobre as drogas de Tim Lopes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.