Edmundo realiza exame de corpo de delito no IML de SP

Ex-jogador foi preso nesta madrugada dentro de flat na capital paulista e aguarda transferência

Priscila Trindade - Central de Notícias,

16 de junho de 2011 | 08h04

SÃO PAULO - O ex-jogador de futebol e comentarista esportivo Edmundo Alves de Souza Neto, de 40 anos, realizou o exame de corpo de delito no IML (Instituto Médico Legal) de São Paulo por volta das 5h20 desta quinta-feira, 16.

Depois, ele foi levado para o 14.º Distrito Policial, de Pinheiros, na zona oeste, onde aguardará a chegada de policiais civis do Rio para ser transferido. Nesta semana, a Justiça do Rio expediu o mandado de prisão contra o ex-jogador condenado em 1999 a quatro anos e seis meses de prisão, em regime semiaberto, pelos homicídios culposos de três pessoas e lesões corporais de outras três em um acidente de carro.

O acidente aconteceu na madrugada do dia 2 de dezembro de 1995, depois dele sair de uma boate na Lagoa, bairro da zona sul carioca.

Edmundo foi preso nesta madrugada dentro de um flat na cidade de São Paulo por agentes da 3.ª Delegacia Seccional Oeste da Capital. A polícia recebeu uma denúncia anônima por volta das 23 horas de quarta-feira, 15, de que o ex-jogador estava em um flat na rua Amauri, no Itaim Bibi, na zona sul.

O ex-jogador não possui formação superior, estudou até a 6.ª série do Primeiro Grau, portanto, pela lei, não teria direito a cela especial.

Tudo o que sabemos sobre:
Edmundoprisãoacidente

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.