Edson matou o cunhado porque ele batia em sua irmã

O ajudante geral Edson de Amorin Raimundo, de 33 anos matou o cunhado, o ajudante José CássioSerafim, de 24 anos, no Parque Internacional, em Campo Limpo Paulista, na região de Jundiaí. A vítima morreu com um tiro de revólver no coração.De acordo com o delegado Walter Mendonça, ele apurou que José Serafim vinha agredindo constantemente a sua mulher, TâniaCristina do Amorim Raimundo, de 34 anos. A mulher teria sido espancada na terça-feira de forma violenta, acumulando pelo corpo vários hematomas. A mãe de Tânia, Joana Raimundo e o padrasto dela, João Frauzino Dias, foram até a casa dela paraampará-la, junto com o irmão, Edson.Durante a conversa com José Serafim, ele teria agredido também Joana.O filho, para defender a mãe, sacou de seu revólver e atirou contra José Cássio Serafim, que morreu a caminho do HospitalNossa Senhora do Rosário. O acusado fugiu, levando a arma do crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.