Eduardo Jorge tinha reunião com Serra

Vítima de um seqüestro relâmpago esta manhã no Ibirapuera, zona sul de São Paulo, o Secretário Municipal de Saúde de São Paulo, Eduardo Jorge (PT), estaria indo para o aeroporto de Congonhas no momento em que foi abordado pelos seqüestradores. Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria, Eduardo Jorge tinha uma reunião hoje com o Ministro da Saúde, José Serra, para finalizar um acordo sobre a municipalização do Sistema de Saúde em São Paulo. O secretário passa bem e concederá uma entrevista às 13h30 na Secretaria Municipal de Saúde.Esta manhã, Eduardo Jorge e seu motorista, que estavam num carro oficial da Prefeitura, um Vectra, foram cercados por três veículos nas proximidades de sua casa, na zona sul da cidade. Vários homens armados levaram documentos, dinheiro e cartões. Os assaltantes circularam com os reféns por São Paulo e depois os abandonaram dentro do porta-malas do carro, no bairro do Taboão, em São Bernardo do Campo.Ele prestou depoimento no 2º DP de São Bernardo do Campo, onde foi encontrado, e foi encaminhado para a Delegacia Seccional da cidade para fazer um reconhecimento fotográfico dos assaltantes. O delegado Mário Jordão Toledo Leme assume o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.