''Ele ficava mais dentro de casa''

Ricardo, de 6 anos, era o filho do meio da dona de casa Maria do Desterro Clemente dos Santos, de 24 anos. "Ele era mais quietinho, uma criança respeitadora, que ficava mais dentro de casa", relatou a vizinha, a ajudante-geral Rosilene Almeida, de 32 anos. Ontem à noite, ela foi à casa da família do garoto. A mãe estava dopada e o pai havia saído.Segundo a vizinha Rosilene, a notícia da morte de Ricardo chegou pela mãe de um colega de classe. O menino estava havia três anos na escola. Os outros dois filhos da dona de casa são um menino de 8 anos e uma menina de 2 anos. E o desespero também tomou outros pais, como o tecnólogo Leonildo Carvalho, de 52 anos, que correu para buscar Vítor, de 4 anos. "Um vizinho contou que havia um acidente com criança morta. Foram os 5 minutos mais longos da minha vida."

Talita Figueiredo, O Estadao de S.Paulo

31 de março de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.