Eletropaulo desligará 100 mil lâmpadas em avenidas de SP

O vice-presidente da Eletropaulo, Antoninho Borghi, disse hoje que, nos próximos 45 dias, a distribuidora deverá desligar cerca de 100 mil lâmpadas de iluminação pública em 500 avenidas da capital paulista. O setor de iluminação pública tem meta de 35% de redução do consumo de energia.No caso da cidade de São Paulo, esta redução não vem ocorrendo, segundo Borghi porque somente na quinta-feira da semana passada a Eletropaulo recebeu autorização da Comissão de Serviços Públicos do município para desligar as lâmpadas, uma vez que a iluminação pública da cidade pertence à prefeitura.Para alcançar a economia de 35%, é necessário, segundo o vice-presidente, desligar 180 mil lâmpadas, mas na primeira etapa de mês e meio serão desligadas 100 mil. O desligamento começará pelas grandes avenidas, e será desligada uma lâmpada a cada dois postes. Borghi disse que a Eletropaulo chegou a desligar, por meio de chaves, cerca de 80 mil lâmpadas, mas a prefeitura religou aproximadamente 50 mil porque, quando se desliga a luz por esse método (chaves), a iluminação é irregular.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.