Elias Maluco usava CNH com nome falso

O Detran do Rio descobriu que o traficante Elias Pereira da Silva, o Elias Maluco, tirou uma carteira nacional de habilitação há dois anos usando um nome falso. O departamento informou que a carteira de motorista foi emitida sem que suspeitas fossem levantadas, porque o Instituto Félix Pacheco não identificou as digitais a identidade falsa usada pelo bandido. A falsificação foi descoberta quando Elias prestou depoimento à Justiça, na quinta-feira, e suas impressões digitais foram colhidas. Quando as informações foram processadas, o nome que apareceu foi Lucas Santos Silva, e não Elias Pereira da Silva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.