Elize Matsunaga presta depoimento nesta quarta-feira

Bacharel em direito é acusada de matar e esquartejar o marido no dia 19 de maio de 2012; audiência, na Barra Funda, serve para determinar se ela irá a júri popular

O Estado de S. Paulo

30 de janeiro de 2013 | 10h12

SÃO PAULO - Elize Matsunaga, de 32 anos, acusada de matar e esquartejar o marido Marcos Matsunaga, de 42, no dia 19 de maio de 2012, será ouvida nesta quarta-feira, 30, na 5ª Vara do Júri, no Fórum Mário Magalhães, na Barra Funda, zona oeste da capital paulista. A amante da vítima na época, Natália Vila Real Lima, de 24 anos, também prestará depoimento na audiência de instrução, realizada para que o juiz, Adilson Paukoski Simoni, determine se Elize irá ou não a júri popular. 

Elize deixou o presídio de Tremembé, no interior de São Paulo, na manhã desta quarta - ela está na penitenciária desde o dia 4 de junho. Ré confessa, Elize diz que assassinou o marido com um tiro na cabeça durante uma discussão iniciada por causa da infidelidade da vítima. O corpo de Matsunaga foi esquartejado e sua cabeça foi encontrada no dia 28 de maio em uma estrada de Cotia, na Grande São Paulo. O crime ocorreu no apartamento do casal, na vila Leopoldina, na zona oeste.

Mais conteúdo sobre:
elize, matsunaga, depoimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.