Em 2007, País gastou R$ 34,9 bilhões em segurança

São Paulo deu R$ R$ 7,6 bilhões para o setor, aponta o Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública

Da Redação,

08 Outubro 2008 | 18h09

São Paulo gastou R$ 7,6 bilhões com segurança pública em 2007, segundo dados do 2º Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta quarta-feira, 8. Os gastos representam um crescimento de 7,1% em relação ao ano de 2006, quando a área custou R$ 7,1 bilhões. Ao todo, a União gastou R$ 34, 9 bilhões em segurança, apontam os números do anuário. Em 2006, foram R$ 30,9 bilhões, o que representa um crescimento de 13,1%.   Veja também: A íntegra do 2º Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública    No Rio, foram gastos R$ 4,4 bilhões em segurança em 2007, contra R$ 4,2 bilhões de 2006, um crescimento de 4,4%, segundo o anuário. Juntos, Rio de Janeiro e São Paulo são os Estados que mais recebem recursos da União para os gastos de segurança.   Do total gasto no setor, Rio recebeu R$ 5,5 bilhões entre 2003 e 2006 - o equivalente a 10,4% dos recursos da União. Já São Paulo recebeu R$ 32,3 bilhões no período ou 17,4% dos gastos. Apesar destes gastos, o anuário revela que apenas 0,4% dos gastos do País vão para a área de segurança.    

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.