''Em 2012 vou ser oposição'', diz subprefeita Soninha

"Em 2012, vou ser oposição." Há quase quatro meses no cargo de subprefeita da Lapa, a ex-vereadora Soninha Francine (PPS) continua gerando polêmica. A frase acima, que pode soar estranha para quem ocupa cargo na gestão Gilberto Kassab (DEM), foi dita por ela após discussão em reunião de subprefeitos na semana passada. Procurada pela reportagem, ela confirmou a declaração e disse que se "arrependeu" depois. "Mas nunca escondi que pretendo disputar a Prefeitura de novo."O imbróglio começou com uma discussão envolvendo critérios de medição dos serviços nas subs. Soninha faz críticas ao método, alegando que reclamações sobre a mesma poda de árvore, por exemplo, são contadas em separado. Segundo ela, o secretário de Coordenação das Subprefeituras, Andrea Matarazzo, brincou, dizendo que ela "estava traumatizada com esse negócio de sair crítica no jornal". "Estava irritada e disse que por mim não era problema sair bem ou mal no jornal, vou ser oposição em 2012. Mas me arrependi e pedi desculpas."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.