Em Barrinha, prefeitura faz ligação clandestina de luz

O prefeito de Barrinha, na região de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, confessou ter feito ligação clandestina - conhecida como ?gato? - para religar a energia elétrica da sede da prefeitura da cidade.Segundo o Bom Dia São Paulo, da TV Globo, a prefeitura e o terminal rodoviário do município estavam com a luz cortada por falta de pagamento, desde a última quinta-feira. Só a rodoviária já teve o abastecimento de energia interrompido por três vezes.O prefeito Marcos Marcari afirmou que fez os ?gatos? apenas por necessidade e que deseja firmar um acordo digno com a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), concessionária que fornece a energia naquela região. A CPFL, por sua vez, não quis comentar a ligação clandestina e informou que já está negociando um acordo com a Prefeitura de Barrinha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.