Em Buenos Aires, três vôos para SP e Rio continuam atrasados

Segundo informações da administradora, quatro vôos estão atrasados e seis foram cancelados

Agência Brasil

28 de julho de 2008 | 15h09

Dois dos vôos previstos para sair nesta segunda-feira, 28, do Aeroporto Internacional de Ezeiza, em Buenos Aires, com destino ao Rio de Janeiro e um com destino a São Paulo estão atrasados - os três vôos são da empresa Aerolineas Argentinas. Segundo informações da Aeropuertos Argentina 2000, que administra os terminais aeroportuários no país, em Ezeiza, até o momento, quatro vôos estão atrasados e seis foram cancelados.  Veja também: Brasileiros ainda enfrentam atraso em vôos na Argentina Aerolíneas vende passagens a mais e prejudica centenas de brasileiros Após domingo de caos, vôos argentinos continuam atrasando Território Eldorado: Mais brasileiros reclamam do tratamento em aeroportos argentinos No domingo, 27, pelo terceiro dia consecutivo, passageiros argentinos e estrangeiros - inclusive brasileiros - enfrentaram atrasos nas saídas de vôos da companhia. A demora, em muitos casos, foi superior a 12 horas e muitos passageiros reclamaram da falta de informações no balcão da empresa. As principais reclamações de brasileiros que estavam na Argentina e esperaram até 27 horas para embarcar de volta ao Rio de Janeiro foram a precariedade do serviço prestado pela companhia aérea e a falta de informações. O Ministério das Relações Exteriores recomenda que os passageiros procurem auxílio no Consulado do Brasil em Buenos Aires, pelo telefone de plantão: 15-41999668, para ligações feitas da Argentina, e 54-911-41999668, para chamadas com origem no Brasil. A assessoria do Itamaraty esclareceu, no entanto, que, como não se trata de um problema entre governos, mas relativo a uma empresa, não há possibilidade de intervenção diplomática para resguardar os brasileiros que permanecem no local.

Tudo o que sabemos sobre:
aeroportosargentinasão paulorio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.