Em calamidade pública por chuvas, Roraima vai receber R$ 15 milhões

Liberação da verba foi anunciada pelo ministro da Integração Nacional, além de 10 mil cestas básicas

Marcela Gonsalves, estadão.com.br

09 de junho de 2011 | 16h21

SÃO PAULO - O estado de Roraima receberá R$ 15 milhões de auxílio do governo federal. A liberação da verba foi anunciada nesta quinta-feira, 9, pelo ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, durante reunião entre autoridades federais, estaduais e municipais. No último domingo, 5, o governador José de Anchieta Júnior decretou estado de calamidade pública.

 

Segundo a assessoria de imprensa do governo, R$ 5 milhões serão destinados para garantir assistência a população afetada, especialmente os desabrigados, com relação a medicamentos e alimentos. Os outros R$ 10 milhões serão usados para os reparos de infraestrutura necessários. Além dessa verba, serão distribuídas 10 mil cestas básicas, que estão sendo montadas no Amazonas e serão transportadas com apoio da Força Aérea.

 

O Rio Branco, que corta o estado de Roraima, estava até ontem 10 metros e 26 centímetros acima do nível normal. Entre as cidades mais atingidas pela cheia estão a capital Boa Vista, Caracaraí, Bonfim, Normandia e Uiramutã. Essa última localiza-se em área indígena e está isolada.

 

Dados oficias atualizados na noite desta quarta-feira, 8, contabilizaram 505 desalojados e 199 desabrigados. As rodovias federais BR-174 e BR-401 permanecem totalmente interditadas para o tráfego.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.