Em fuga, bandido faz 20 crianças reféns dentro de van escolar em Brasília

Polícia negociou libertação das crianças por mais de 20 minutos; ninguém se feriu

Solange Spigliatti, estadão.com.br

11 Agosto 2011 | 11h09

SÃO PAULO - Cerca de 20 crianças foram mantidas reféns dentro de uma van escolar durante uma perseguição a um assaltante na tarde de quarta-feira, em Brasília. Segundo o delegado Sérgio Bautzer, a perseguição começou logo após o roubo de um veículo Golf, em um estacionamento de uma escola infantil, no Gama.

 

A polícia foi acionada e começou perseguir o Golf, roubado de uma mulher. Para tentar se livrar da polícia, Marcos Pinto de Sousa atirou contra a viatura e abandonou o veículo na divisa com o Nova Gama, roubando em seguida uma van escolar que estava na porta de outra escola com 20 crianças dentro.

 

Ele retirou o motorista Paulo Neto da direção, sendo perseguido novamente até a cidade satélite de Santa Maria, quando o motor da van desligou. Durante 20 minutos houve negociação para a rendição. Ninguém ficou ferido. O bandido, que tem passagem pela polícia por latrocínio, foi preso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.