Em liberdade condicional, Robin Hood acaba preso em SP

Alexandro Marques da Silva, de 24 anos, estava em liberdade condicional da Cadeia Pública de Guarulhos, onde ficou preso e cumpria pena em regime fechado por crime de roubo. "Robin Hood", como era chamado por moradores da Favela de Vila Real, em Guarulhos, na Grande São Paulo, o assaltante chegou a roubar uma carga de cestas-básicas e distribuiu toda a mercadoria para moradores do bairro.Ontem, por volta das 20h, a liberdade de "Robin Hood" chegou ao fim. Policiais militares da Força Tática do 31º Batalhão, sob o comando do sargento Rogério Luiz de Souza, desconfiaram de três homens que estavam em frente a um bar, na favela de Vila Real. Rogério foi o único que correu, fugindo para o interior de sua residência, na Rua Um. Dentro da casa, os PMs localizaram um revólver calibre 38mm, dois coletes à prova de balas usados por seguranças da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), e uma pistola 9mm, de uso exclusivo das Forças Armadas, possivelmente contrabandeada segundo a polícia."Os coletes foram roubados em assaltos a bilheterias da CPTM. Já a pistola é contrabandeada. Ele possui várias passagens por roubo; inclusive é chamado por moradores da Vila Real de ´Robin Hood´, pois um dia roubou uma carreta com cesta básica e distribuiu para o povo carente da favela", contou o sargento Rogério. Levado ao 4º Distrito Policial de Guarulhos, Silva foi indiciado por porte ilegal de arma e voltará para a Cadeia Pública de Guarulhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.