Em MS, troca de acusações marca embate

CAMPO GRANDE

João Naves de Oliveira, O Estado de S.Paulo

29 Setembro 2010 | 00h00

A tensão marcou o debate dos três candidatos ao governo de Mato Grosso do Sul na TV Morena. O governador André Puccinelli (PMDB) e Nei Braga (PSOL) foram agressivos contra o candidato Zeca do PT. O petista, porém, usou uma pergunta de Puccinelli sobre sua proposta de isentar de ICMS alguns setores da economia do Estado para partir ao ataque. "Vou respeitar os contribuintes e não tratá-los como bandidos, como faz o governo atual." Puccinelli justificou os aumentos do ICMS afirmando que "recebi um Estado quebrado, com salários atrasados". Braga manteve sua estratégia do horário eleitoral e só atacou Zeca, preservando Puccinelli.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.