Em Natal, candidato diz não precisar de 'padrinhos'

Serra, que participou de comício, acusou a adversária petista de copiar o programa de[br]governo do PSDB

Anna Ruth ESPECIAL PARA O ESTADO / NATAL, O Estado de S.Paulo

26 de agosto de 2010 | 00h00

Em visita a Natal, o candidato à Presidência pelo PSDB, José Serra, criticou a opositora Dilma Rousseff, do PT, e disse não precisar de padrinhos. "Não preciso de padrinho, de patrono na minha vida pública", afirmou. Trabalhei com lealdade, mas não preciso de garantia de ninguém do que sou, do que fiz e do que vou fazer", ressaltou José Serra, que ontem participou de comício na capital do Rio Grande do Norte.

Ele acusou a presidenciável do PT de copiar o programa de governo do PSDB no item em que promete criar clínicas com 25 especialidades médicas. "Eu apresentei esse programa e a Dilma depois disse que iria fazer algo parecido, mas ela não entende disso", disse o tucano.

Bolsa-Família. Ao desembarcar no Rio Grande do Norte para cumprir agenda, Serra evitou falar das recentes pesquisas eleitorais, que apontam o crescimento de Dilma. Preferiu falar das suas propostas.

O presidenciável disse que o governo federal tem uma dívida com o Rio Grande do Norte e citou o fato de o Estado não ter ganho uma refinaria de petróleo. "A refinaria que o governo federal projetou é menor do que a produção de petróleo do Rio Grande do Norte. São 50 mil barris por dia que aqui não poderão ser refinados. O governo tem uma dívida com o Rio Grande do Norte, que é um grande projeto de desenvolvimento", afirmou.

Serra voltou a prometer a ampliação do projeto Bolsa-Família. "Nós vamos não só tirar do papel esses projetos como vamos apoiar as políticas sociais e reforçar a Bolsa-Família, com vistas a dar para a garotada do programa oportunidade de uma formação profissional", completou o candidato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.