Em nota, Cabral lamenta assassinato de franceses no Rio

O governador do Rio, Sérgio Cabral Filho (PMDB), divulgou, no início da tarde desta quarta-feira, 28, nota oficial em que lamenta o assassinato brutal de três franceses na terça-feira na capital fluminense. Os diretores da ONG Terr´Ativa foram mortos a facadas por três homens, um deles funcionário da instituição. Veja a íntegra da nota "Estou absolutamente consternado e chocado com o assassinato de três cidadãos franceses na manhã de ontem (terça-feira) no Rio de Janeiro. Gostaria de manifestar meu profundo pesar com este trágico ocorrido e minha solidariedade com os parentes e amigos das vítimas. Este acontecimento sensibiliza e entristece todos os cidadãos fluminenses, principalmente pelo fato de que Christian, Delphine e Jérôme estavam engajados em um belo trabalho na área social junto à comunidade menos favorecida. Já foram presos os culpados, que serão submetidos à Justiça. Este governo está à inteira disposição das autoridades francesas e dos parentes das vítimas para o que for necessário. Sérgio Cabral Governador do Estado do Rio de Janeiro"

Agencia Estado,

28 Fevereiro 2007 | 16h40

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.