Em outros 4 acidentes neste ano, houve 12 mortes

Outros quatro acidentes com monomotores deixaram 12 mortos no País neste ano. No primeiro dia de 2008, foi encontrada a fuselagem de um avião de pequeno porte que havia desaparecido na região de Unaí, em Minas. Os três ocupantes do avião morreram carbonizados. Ainda em janeiro, um acidente matou um piloto em Osório, no Rio Grande do Sul.A explosão em fevereiro de uma aeronave que se chocou contra a Serra do Curral, em Belo Horizonte, matou o piloto e os três passageiros. O avião ia do Aeroporto da Pampulha com destino a Juiz de Fora. Cinco minutos após decolar, bateu no ponto mais alto da serra. No caso mais grave, no Rio, em março, um monomotor caiu num galpão na Barra da Tijuca, matando o piloto e os três passageiros. O avião havia sido abastecido com combustível errado, pouco antes de decolar. Segundo a 16.ª Delegacia de Polícia, na nota fiscal apreendida consta que a aeronave, movida a gasolina, foi abastecida com querosene.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.