Em protesto, marronzinhos vão deixar de multar na 2ª feira

Na segunda-feira, os marronzinhos de toda a cidade de São Paulo não devem multar ninguém. Em plena campanha por aumento salarial de 7%, mais reajuste de vale-alimentação e vale-refeição, eles prometem agir diferente na semana que vem. Se alguém estiver ao celular, vão orientar. Sem cinto? Leva uma repreensão verbal. Além de segunda-feira, outras duas datas foram escolhidas para o evento que os agentes de trânsito chamam de Multa Zero: 1º e 9 de agosto. Em cada dia, cerca de 6 mil multas devem deixar de ser aplicadas.A idéia é sensibilizar a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Em vez de aumentar os salários, a CET planeja elevar a carga horária para 8 horas diárias, diminuir o adicional das férias de 50% para 30% (como prevê a legislação trabalhista) e reduzir de 42% para 25% o adicional noturno. Segunda-feira, a CET informou, via assessoria, que está em plena negociação salarial e pretende reunir-se com os representantes da categoria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.