Em regime semi-aberto, presos entregavam drogas em domicílio

Dois presos que cumpriam pena por roubo no Presídio de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, mas tinham o benefício da prisão em regime semi-aberto, foram detidos hoje, por volta das 14h30, na Rua Fiação da Saúde, na Saúde, zona sul acusados de vender drogas por meio de um serviço de entregas e encomendas numa espécie de "disque-drogas". José Aparecido Lemes, de 33 anos, e Silvio Cesar Borges Rodrigues, de 31, conhecido por "Chuí", foram surpreeendidos por policiais da Divisão de Investigações Sobre Entorpecente do Departamento de Narcóticos quando tentaram vender maconha. Os investigadores, passando-se por traficantes, entraram em contato com os acusados por meio de um telefone celular e encomendaram a droga.Lemes e Rodrigues recebia m o telefonema dos interessados, mas só poderiam entregar o produto durante o dia, porque à noite tinha de voltar à cadeia para dormir e cumprir suas penas. A polícia apreendeu 30 quilos de maconha que estavam numa mochila com um dos acusados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.