Em Ribeirão, multas foram por falta de adequação

Dos 15 estabelecimentos comerciais fiscalizados na madrugada de ontem em Ribeirão Preto, quatro foram autuados pelos caça-fumaça. Mas não porque havia pessoas desrespeitando a nova lei antifumo. "As autuações foram por falta de sinalização e porque nos estabelecimentos ainda havia cinzeiros e bitucas de cigarros", informou a diretora técnica de Saúde da Vigilância Sanitária Estadual em Ribeirão Preto, Ondina Terezinha Dourado Galerane. Processos administrativos serão abertos e os proprietários autuados terão dez dias para se defender. As multas deverão ser de R$ 792,50. As blitze também constataram infrações sanitárias, segundo a chefe da Vigilância Sanitária, Vânia Cantarella.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.