Em São Paulo, crianças e adolescentes fazem passeata pela paz

Cerca de 3.500 crianças e adolescentes se reuniram nesta sexta-feira em São Paulo em uma caminhada pela paz. Vestidas de branco e carregando cartazes com palavras como ?solidariedade? e ?dignidade? e com frases contra a violência, meninos e meninas saíram do Pátio do Colégio e seguiram para a Catedral da Sé, onde soltaram bexigas brancas e verdes que levantaram um cartaz onde estava escrito ?Paz e Esperança?.A marcha passou pelo Largo São Bento e Rua Líbero Badaró, onde os participantes entregaram um documento à Secretaria Municipal de Assistência Social, pedindo a criação de políticas públicas para os idosos, tema deste ano da Campanha da Fraternidade, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), organizadora do evento.Participaram da caminhada o Padre Júlio Lancelotti, da Pastoral do Menor, e Dom Pedro Luiz, bispo-auxiliar da Arquidiocese de São Paulo. ?Estamos solidários com as crianças e jovens de todo o mundo que sofrem, vítimas da guerra?, disse Marilda dos Santos Lima, coordenadora pedagógica do Centro Social Nossa Senhora do Bom Parto, que acompanhou as crianças durante a caminhada. ?Não se deve dar resposta a um problema com violência.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.