Em SC, 20 mil pessoas de 23 cidades são afetadas pelo temporal

Número de casas danificadas deve passar de 1.500; dois municípios decretam situação de emergência

Solange Spigliatti, Central de Notícias,

28 de setembro de 2009 | 11h39

Cerca de 20 mil moradores de 23 municípios foram atingidos pelo temporal de domingo em Santa Catarina. Nesta segunda-feira, 28, a Defesa Civil registra os prejuízos causados pela chuva e queda de granizo em cidades das regiões Oeste, Meio-oeste, Vale do Itajaí, Grande Florianópolis e região sul do Estado. O número de casas danificadas deve passar de 1.500. No Rio Grande do Sul, são 12 municípios em alerta e no Paraná a previsão é de mais chuva nesta segunda.

Em Porto Alegre casas foram inundadas no bairro Ponta Grossa.    Foto: Ronaldo Bernardi/RBS

Veja também:

link Temporal coloca cidades do Sul do Brasil em estado de alerta

link Após fim de semana quente, frente fria muda o tempo em SP

 

As cidades de Antônio Carlos e Chapecó já encaminharam o decreto de situação de emergência. Segundo os dados oficiais, conforme relatórios das prefeituras, são de 1.303 edificações danificadas em todo o Estado. Há 221 pessoas desalojadas e 14 desabrigadas.

 

Os municípios mais afetados são: Abon Batista, Angelina, Antônio Carlos, Araranguá, Arroio do Silva, Balneário Gaivota, Biguaçú, Concórdia, Calmon, Chapecó, Dona Emma, Governador Celso Ramos, Içara, Ilhota, Imbituba, Passo de Torres, Rio do Sul, Santa Rosa do Sul, São João do Sul e Sombrio.

 

Estradas

 

Deslizamentos de terra causados pelas chuvas atingiram algumas estradas de Santa Catarina. A queda de barreira interrompeu o tráfego, que ficou em meia pista na Rodovia BR-282, na altura dos km 418, em Vargem Bonita, e na região de Catanduvas, no km 412. Já na Rodovia BR-153, o deslizamento de terra atingiu o acostamento na altura do km 67.

 

A terra já está sendo retirada na altura do km 226 da Rodovia BR-280, em Canoinhas, e no km 4 da Rodovia BR-116, em Mafra. Na mesma rodovia, uma lâmina de água prejudica o fluxo de veículos na altura do km 7,5. As informações são da Polícia Rodoviária Federal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.