Em SP, parte do teto de um mercado desabou

Confundido pela chuva, que encobria o asfalto, o motorista de uma van manobrou o veículo e caiu, às 14h50, em um córrego que deságua no Rio Pinheiros. Ao conseguir sair do veículo, ele foi arrastado pela correnteza e atravessou a pista sentido Interlagos da Marginal do Pinheiros por debaixo da terra, pela tubulação de escoamento. O motorista, após ter sido sugado pela enxurrada, conseguiu nadar e foi parar no Rio Pinheiros, onde foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros.Apesar do acidente, Roberto Costa Santana, de 42 anos, que fazia um bico, sofreu apenas um corte na cabeça e não corre risco. Seu ajudante, Thiago Jesus Santos, de 16 anos, foi resgatado da água por dois homens e passa bem. Segundo o ajudante, a van dirigida por Santana caiu no córrego ao tentar desviar de um buraco próximo do cruzamento da Marginal com a Rua Alexandre Mackenzie, no Jaguaré, zona oeste. A tempestade que caiu na capital na tarde de ontem ainda provocou um desabamento, 19 pontos de alagamento - cinco deles intransitáveis nos bairros de Perdizes, Barra Funda e Lapa, na zona oeste - e deixou as zonas oeste, norte, sul e o centro em estado de atenção. Na Marginal do Tietê, próximo da Ponte das Bandeiras, sentido Penha, houve alagamento e interdição da via pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).Por conta da tempestade, um poço de esgoto da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) se rompeu e abriu um buraco na Rua Frei Caneca com a Rua Dona Antonia de Queirós, na região da Consolação. A empresa informou que o buraco, com 1 metro de diâmetro por 3 metros de profundidade, será fechado até amanhã. Também por causa da chuva, às 17 horas, o telhado de um mercado desabou na Rua Silvio Torres, em Artur Alvim, na zona leste. Segundo o Corpo de Bombeiros, não houve feridos mas o local, identificado como Mercado Açaí, foi fechado por prevenção.Mais cedo, uma chuva de granizo fez parte do telhado do supermercado Wal Mart da Avenida Gastão Vidigal, no Jaguaré, cair. O desabamento ocorreu por volta das 14h20 e também não houve feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.