Em SP, radares ficam fora do ar por 10 minutos

Radares do Serviço Regional de Proteção ao Vôo de São Paulo (SRPV-SP) ficaram inoperantes ontem das 11h30 às 11h40. Segundo o chefe do SRPV, coronel Carlos Minelli de Sá, um sinal estranho foi captado pelo sistema, o que bloqueou a transmissão. A falha não afetou o tráfego, pois a maior parte da comunicação é via rádio. No Rio, a neblina parou as decolagens no Aeroporto Santos Dumont das 15h55 às 22 horas. Das 173 partidas, 49 atrasaram e 13 foram canceladas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.