Embaixador brasileiro diz que livro com frases de Lula é "fantasia"

O embaixador do Brasil no Chile, Mario Vilalba, declarou à imprensa na capital chilena, Santiago, que são uma "fantasia" as afirmações que indicam que o presidente Lula teria proferido expressões ofensivas contra o Chile. "Posso assegurar que é uma fantasia. E posso assegurar porque, por coincidência, estava nesse jantar na embaixada de Tóquio", disse à agência Ansa, nesta quinta-feira, 31.O embaixador Vilalba também sustentou que Lula tampouco realizou comentários desrespeitosos sobre o presidente argentino, Néstor Kirchner, e contra o ex-presidente do Uruguai Jorge Batlle. "Nesse jantar não havia nenhum jornalista, e eu estava ali porque fui encarregado de organizar uma grande parte da viagem que o presidente fez (a Tóquio)". Vilalba afirma: "fui testemunha de que ali não havia jornalistas e de que o presidente jamais disse uma coisa dessas".Vilalba disse que a única explicação que tinha para o caso é que a publicação do livro de Nossa e Scolese ocorreu "justamente antes das eleições. É normal que esse tipo de coisas aconteçam; em geral as pessoas ficam um pouco nervosas e começa a sair esse tipo de coisas".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.