Emendas de secretário superam R$ 8 mi

Em seu site, Bruno Covas cita a eleitor exemplos de 'emendas' que ajudou a liberar em 2010; cota supera total reservado a tucano em 4 anos

FÁBIO SERAPIÃO , JORNAL DA TARDE , FERNANDO GALLO, O Estado de S.Paulo

12 Outubro 2011 | 03h07

Conforme registros feitos em seu próprio site, o secretário estadual do Meio Ambiente, Bruno Covas (PSDB), afirma ter conseguido intermediar, só em 2010, R$ 8,2 milhões em emendas parlamentares. A cota anual de cada deputado paulista é de R$ 2 milhões. No ano passado, Bruno exercia mandato de deputado estadual e foi campeão de votos na disputa à reeleição.

O valor equivale a toda a cota de emendas parlamentares que caberiam ao deputado em quatro anos de mandato. O levantamento foi feito pelo Estado a partir das informações que constam no site do próprio secretário e da checagem dos convênios.

O governo do Estado de São Paulo não divulga os autores de todas as emendas parlamentares e nem seus respectivos valores. O Executivo paulista divulgou, até o momento, somente os recursos liberados este ano.

Diante da ausência de publicidade desses dados, não se sabe quanto o governo despendeu em recursos que de fato foram intermediados pelo secretário Bruno Covas.

Nas peças orçamentárias de 2010 e 2011, o governo de São Paulo reservou R$ 188 milhões para emendas, valor que, dividido por 94 deputados, resulta na cota anual de R$ 2 milhões para cada parlamentar. Bruno foi o relator desses dois orçamentos na Assembleia Legislativa paulista.

Levantamento. O valor de R$ 8,2 milhões que o tucano Bruno Covas conseguiu liberar no ano passado - ano eleitoral - foi encontrado em 49 emendas das quais o próprio secretário, em seu site oficial (www.brunocovas.com.br), afirmou ser autor. Em diversas notícias publicadas em sua página na internet é possível encontrar a liberação das emendas.

"O secretário adjunto da Casa Civil, Rubens Cury, fez na terça-feira, dia 20, a quinta assinatura do ano de convênios entre as secretarias da Casa Civil e de Economia e Planejamento com municípios paulistas. A cidade de Guararapes foi uma das beneficiadas. Por meio de emenda parlamentar do deputado Bruno Covas, o prefeito tucano, Edenilson de Almeida, (Dedê) assinou convênio no valor de R$ 300 mil que serão destinados à iluminação do Estádio Adelmo Almeida", informa o site em 29 de abril de 2010.

Outro lado. Procurado pela reportagem do Estado, o secretário Bruno Covas não se manifestou até o início da noite de ontem. O governo estadual também foi procurado, mas preferiu não se manifestar sobre o caso. Disse apenas que o Estado receberia uma nota da assessoria pessoal do secretário Bruno, o que não ocorreu até o fechamento desta edição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.