Empresa acerta retirada de outdoor com Prefeitura de SP

Para não sofrer multas por desrespeito à Lei Cidade Limpa, que proíbe outdoors na cidade de São Paulo, a empresa MCM3/MPP fez um acordo com a Prefeitura: vai retirar, com equipe própria, as 140 peças publicitárias que possui na cidade em 30 dias.O proprietário da MCM3, Márcio César Maia, comunicou na quinta-feira sua intenção de retirar os outdoors ao prefeito Gilberto Kassab (PFL), que participou da retirada de um painel pertencente à empresa na Avenida Juscelino Kubitschek, no Itaim-Bibi, zona sul. "Como teremos de cumprir mesmo a lei, pelo menos podemos ficar com a estrutura metálica dos painéis", disse Maia. "Ele mostrou espírito público", disse Kassab.Com o acordo, a empresa também não precisará pagar para retirar o material recolhido pela Secretaria de Coordenação de Subprefeituras. Os outdoors em São Paulo representam 80% do faturamento da MCM3. "Infelizmente, já penso em mudar de ramo", disse o dono da empresa.Lei Cidade LimpaO projeto de lei, proposto pelo prefeito Gilberto Kassab foi aprovado no dia 26 de setembro de 2006 na Câmara dos Vereadores e sancionada em outubro pelo prefeito. Conhecida como Lei Cidade Limpa, seu texto proíbe a presença de publicidade externa a partir do dia 1º de janeiro de 2007. Com a lei, as propagandas ficariam restringidas em espaços do mobiliário urbano, como pontos de ônibus, relógios públicos e placas de rua.A lei prevê pagamento de R$ 10 mil para cada propaganda irregular. A estimativa é de que na cidade existam cerca de 6 mil outdoors e 3 mil backlights. O que manda a lei Cidade Limpa: até o dia 31 de dezembro de 2006 todas as peças publicitárias externas precisariam ser retiradas da cidade. A multa para infratores é de R$ 10 mil. Prazo extra: anúncios nas fachadas de estabelecimentos comerciais devem atender às novas dimensões de propaganda até dia 31 de março de 2007.Exceções: anúncios históricos, como o relógio do banco Itaú, em cima do Conjunto Nacional, serão analisados caso a caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.