Empresa de ônibus é condenada por queda de idosa em veículo no Rio

Vítima fraturou a tíbia e precisou passar por cirurgia; valor da indenização foi de R$ 16 mil

Priscila Trindade - Central de Notícias,

14 Outubro 2010 | 11h37

SÃO PAULO - A Transporte Estrela Azul foi condenada a pagar R$ 16 mil, por danos morais, para uma passageira que sofreu uma queda no interior do ônibus da empresa após uma freada brusca. A decisão, unânime, é da 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio.

 

Por causa do ocorrido, a vítima sofreu fratura na tíbia, precisou sofrer uma cirurgia e ficou impossibilitada de exercer as atividades cotidianas por quatro meses. Na sentença de 1º grau, os pedidos foram julgados parcialmente procedentes para condenar a ré ao pagamento de R$ 10 mil, mas a autora apelou.

 

A 18ª Câmara Cível concedeu parcialmente os pedidos da autora, majorando o dano moral para R$ 16 mil e determinando o ressarcimento dos danos materiais, mas somente para as quantias gastas com aluguel da cadeira de roda, medicamento e produtos farmacêuticos, que foram devidamente comprovados.

Mais conteúdo sobre:
Rio idosa ônibus

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.