Empresa de ônibus e funcionários vão parar no TRT

Representantes do Ministério Público do Trabalho, da Viação Paratodos e do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de São Paulo têm uma audiência de conciliação às 13 horas desta quarta-feira para tentar resolver a pendência entre a empresa de transportes e os funcionários. O encontro será realizado no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-SP). Na segunda-feira, 1,4 mil funcionários da Paratodos, que atua na zona Sul da cidade, paralisaram suas atividades e prejudicaram o transporte de cerca de 100 mil pessoas. Os motoristas e cobradores alegam descumprimento de acordo com a empresa para o pagamento de horas extras. A paralisação começou pela manhã e durou até as 16 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.